Boneca Falante Virtual Store

2

DIFERENÇA ENTRE ALISAMENTO E RELAXAMENTO

Muitas pessoas confundem relaxamento com alisamento. Por isso vamos aqui desvendar os mistérios dos dois procedimentos.

As duas técnicas usam os mesmos ativos. O que determina a diferença entre elas é o tempo de ação do produto, a técnica utilizada, o tipo de cabelo e o seu desejo.

É importante determinar o que se deseja antes. Cabelos alisados com produtos químicos não voltam à forma original, portanto, não adianta se arrepender. Como em todo procedimento químico, o relaxamento e o alisamento possuem restrições.

Conheça algumas delas:

As químicas são incompatíveis entre si; conheça o ativo da química que está utilizando.
. Cabelos danificados não devem sofrer procedimentos químicos.
. Trate dos seus cabelos antes, apesar dessa não ser a solução, você pode estar evitando mais problemas.
. A nutrição dos cabelos é importante, quanto mais nutridos os cabelos estiverem, melhor será o resultado. . Como todo procedimento químico deixa os cabelos com pH muito elevado (alcalino), é importante um tratamento logo após o procedimento químico, para que equilibre o pH dos fios, deixando-os ácidos. Saiba que uma hidratação profunda nos cabelos com uma boa máscara, equilibra o pH dos cabelos.

Alisamento: elimina ondas dos cabelos e reduz o volume. Se você quer eliminar temporariamente os cachos dos seus cabelos, o alisamento é a melhor opção. O alisamento químico dura mais tempo e exige maiores cuidados. Os componentes químicos, formulados à base de hidróxido de sódio ou tioglicolato de amônia, precisam ser aplicados com muito cuidado para não danificar os fios. Nesse processo, é recomendável não escovar os cabelos durante pelo menos três dias.

Relaxamento: abre os cachos e reduz o volume. Se você quer apenas diminuir o volume do seu cabelo, soltar um pouco os cachos e ganhar movimento, opte pelo relaxamento. O processo é idêntico ao do alisamento químico e é feito com os mesmos produtos. A diferença é que o tempo de ação dos produtos nos cabelos é reduzido pela metade, o que torna

O processo menos agressivo aos fios, além de resultar numa aparência mais natural.

O relaxamento exige retoques a cada 45 ou 60 dias e deve ser feito apenas na raiz para não ressecar ainda mais os fios. Ele não é indicado para cabelos tingidos ou descoloridos.

"Para manter a aparência descontraída dos seus cabelos, aposente escova e secador e use condicionadores do tipo "leave-in", ideais para modelar o cacheado. Se preferir o cabelo mais liso, faça uma rápida escova ou apele para a velha touca", recomenda Cassolari.

Embora os produtos utilizados no alisamento e no relaxamento sejam bem menos agressivos aos cabelos do que eram antigamente, redobre os cuidados na hora de escolher o profissional que irá aplicá-los e observe os seguintes cuidados:
. O tempo de aplicação do produto não deve exceder o recomendado.
. Respeite o intervalo de tempo entre as reaplicações, que pode variar de 3 a 6 meses.
. Nunca faça alisamento se o seu cabelo já tiver passado por outros processamentos químicos, como tintura ou tonalizantes.
. Exija a realização de uma prova de toque antes de aplicar o produto, para verificar se a sua pele é sensível aos componentes químicos.
. Vá ao salão sem lavar os cabelos, pois a oleosidade protege e lubrifica os fios que irão receber os produtos químicos.
. Procure lavar os cabelos com xampus e condicionadores próprios para cabelos quimicamente processados.
 Pelo menos uma vez por semana dê banhos de creme hidratante para cabelos e, a cada 15 dias, aplique uma máscara de tratamento profundo nos fios.

Procure um profissional experiente e siga as recomendações para cada processamento químico em seus cabelos.

Dicas:

1 - Saiba da importância do uso de produtos para cabelos com química.
2 - Faça nutrição semanal nos cabelos.
3 - Evite o uso freqüente de secador e chapinha. Quando tiver que utilizar, aplique antes nos fios, produtos de uso profissional termoativados, para impedir o ressecamento ainda maior dos fios, já fragilizados pelo uso de química.
4 - Sempre que puder, use pente de dentes largos, para desembaraçar os cabelos.

Produtos para alisamento e relaxamento

Os tratamentos mais solicitados atualmente nos salões de beleza são os de Relaxamento e Alisamento. À base de produtos destinados a realizá-los, atua quebrando as ligações das moléculas capilares, deixando-as em uma nova posição e modificando o formato dos cabelos.

Atualmente tais produtos são formulados a partir de 3 diferentes substâncias:

Hidróxido de Sódio - São produtos alcalinos, pH 13, e uma lixívia cáustica que pode danificar os cabelos, produzindo queimaduras no couro cabeludo e até mesmo cegueira, caso atinja os olhos. São restritos ao uso por profissionais; produz um alisamento químico permanente e de eficiência máxima.

Dicas de uso:

· Aplique o produto respeitando 0,05 cm de distância do couro cabeludo.
. Não use calor para acelerar a ação do produto, pois pode danificar o fio e o couro cabeludo.
. Não use mais de 4 vezes ao ano.
. É indispensável a lavagem com neutralizante ácido após uso do produto.

Tioglicolato de Amônia - Apresentam um pH alcalino, que remove o sebo protetor, facilitando a sua penetração nos fios. Devem ser aplicados sobre os cabelos úmidos, permanecendo de 15 a 20 minutos. Esticam-se os fios com o pente, aplica-se um neutralizador para refazer as pontas em sua nova configuração.

O Tioglicolato de Amônia apresenta um forte odor de amônia e também pode irritar a pele. Este produto produz um alisamento químico permanente e de eficiência moderada.

Dicas de uso:

· Proteja a pele com vaselina sólida
. Hidrate os fios antes a depois do alisamento
. Não lave os cabelos 48h antes de usar o produto
. Produtos formulados com Tioglicolato de Amônia são incompatíveis com Hidróxido de Sódio.

Hidróxido de Guanidina - São conhecidos como produtos sem lixívia. Essa substância também possui um pH alcalino, sem odor, sendo mais eficiente que o Hidróxido de Sódio e menos agressivo à pele. Necessita de um neutralizador ácido.

O Hidróxido de Guanidina é composta por 2 ingredientes:
Hidróxido de Cálcio e Carbonato de Guanidina - misturados na hora da aplicação.

Dicas de uso:

· Para conseguir efeito relaxante e não alisante nunca use pentes durante a aplicação e o produto misturado deverá ser usado em 24h, depois perderá o efeito.
. Efetue a prova de toque.
. Nunca aplique em gestantes ou em suas amigas.
. Antes de optar por qualquer um dos tratamentos, analise todos os métodos com um profissional experiente, escolhendo um salão com referências e uma época propícia para se submeter ao processo.
. Controle todos os tempos e etapas da "química" e certamente você terá sucesso.

2 comentários:

NEM TANTO FUTEIS

Bom saber, eu não sabia a diferença de um e de outro srrsrs
bjs
Camis

Nana da Ecologia Bela

Então alisamento é igual a escova progressiva né ? Fui em várias cabelereiras e me disseram que eu podia fazer escova progressiva sem problema, só que ia ficar lisão ! Já o relaxamento eu tinha (mesmo) que saber a quimica que foi usada no salão anterior. Ainda não decidi o que vou fazer...não gosto do cabelo lisão...E o preço é o dobro...

Postar um comentário

Olá, deixe sua opinião sobre o assunto do post. Comentários com propagandas e divulgação de blogs será deletado. Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout Desenvolvido por - Reneide Criações - Blog Chica Mimus